Transporte por cabotagem tem alta no Porto do Rio de Janeiro

O Porto do Rio de Janeiro, administrado pela Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ), movimentou 1,163 milhão de toneladas no transporte por cabotagem, no 1º quadrimestre deste ano, o que representa 745 mil toneladas a mais que o volume registrado no mesmo período do ano passado. O percentual de crescimento é de 178,4% na comparação de 2022 x 2021. Os dados são do Estatístico Aquaviário da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), divulgados recentemente.

O painel da agência reguladora aponta ainda que os contêineres tiveram destaque na movimentação do transporte por cabotagem no Porto do Rio de Janeiro. Essa tendência de alta na movimentação de contêiner, segundo a Autoridade Portuária, deve-se ao aumento do volume de transbordo de carga. Neste caso, o transbordo é a transferência da mercadoria que chega do exterior ao Porto do Rio de Janeiro, pela navegação de longo curso, e segue até o destino final, em outro porto brasileiro, por meio da navegação de cabotagem. Vale lembrar que a cabotagem refere-se à navegação entre portos marítimos do mesmo país, diferente da navegação de longo curso, que é realizada entre portos de países distintos.

O Estatístico Aquaviário da Antaq é uma ferramenta online de utilidade pública para consulta de dados atualizados do setor aquaviário, com informações sobre movimentação portuária, navegações de longo curso e cabotagem, atracações de navios, tarifas, indicadores e tempos operacionais de navios.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *