Novo recurso tecnológico mede desgaste de pneus; saiba detalhes 

O Grupo Sumitomo Rubber, proprietário da conhecida marca de pneus Dunlop, vem trabalhando em conjunto com o professor Hiroshi Tani, da Universidade de Kansai, no Japão, no desenvolvimento de um inovador dispositivo que permite medir o desgaste do pneus, calculando automaticamente o momento certo para a troca desse item. 

Trata-se de dispositivo de geração de energia – um coletor de energia – que aproveita a rotação do pneu para gerar eletricidade. Saiba os detalhes. 

Dispositivo inovador medirá desgaste dos pneus (Foto: Divulgação)

Veja em detalhes como funciona recurso tecnológico para identificar desgastes em pneus

Tal dispositivo pode ser utilizado para fornecimento de energia para sensores periféricos instalados dentro e ao redor dos pneus, sem depender de baterias. 

Por meio desses coletores de energia e das técnicas desenvolvidas no projeto, é possível medir principalmente o desgaste dos pneus, além de seu ‘footprint’ – ou seja, a pegada da banda de rodagem do pneu no solo, sinalizando o momento ideal da troca de pneus.

O último avanço obtido na pesquisa da empresa em conjunto com a universidade torna possível calcular o desenho do ‘footprint’, suas medidas e o ciclo de rotação por meio de ondas de tensão geradas pelo dispositivo, obtidas de cada coletor de energia à medida que os pneus giram em contato com o solo. 

Além de abrir as portas para várias aplicações para serviços e soluções de pneus, essas novas tecnologias também fornecerão mais conhecimento para o desenvolvimento de novos pneus no futuro.

Coletores de energia em pneu da Dunlop (Foto: Divulgação/Sumitomo Rubber)

“A fim de responder habilmente aos avanços da sociedade relacionados ao futuro dos veículos e mobilidade, o Grupo continuará trabalhando e contribuindo para a realização de um futuro mais próspero, fornecendo novos serviços, soluções e tecnologias para maior segurança e bem-estar com menor impacto ambiental”, afirma a empresa em comunicado à imprensa.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *